sábado, 31 de dezembro de 2016

O meu desafio literário 2017


Ter medo de livros é coisa que me assiste. Muitas vezes.
«Em Busca do Tempo Perdido» sempre foi um desses (peculiares) casos.
Pois que seja agora. Vamos ler Proust!
 
Desta vez ousei criar dois projetos porque há muito que tenho seis livros em específico a ganhar raízes na estante. Não me perguntem porquê que não os leio. Não sei. Passo por eles e penso "Amanhã?".
E desafiando-me a coisa funciona? Algo que me diz que sim.
A complexidade humana tem destas coisas (risos).
 
 
«Os Seis a Ler(-te)» irão aparecer por cá, de surpresa, ao longo do ano. 
 
 
Vamos ler.
Boas leituras!

11 comentários:

Beatriz disse...

Este será o ano em que Proust ganhará duas novas leitoras, Denise! :)
A edição que tenho é a da RDA, a antiga de capa dura. E muitas vezes olho para os livros. Mas lá ficam. Agora, com a nova edição igualmente bonita e com o preço imensamente mais simpático, não há razão para deixarmos Proust na estante.
Já li Proust mas não a sua obra-prima.
O meu problema é que, quando começar não páro até chegar ao último livro. Foi o que me aconteceu com "Guerra e Paz", com os "...Karamazov...", com a Trilogia do Cairo, etc.
Um outro que não passa deste ano são "As benevolentes".
Excelentes desafios, Denise.
Beijinhos.

Carlos Faria disse...

Pois "Em busca do tempo perdido" é mesmo uma maratona de leitura: uns sofrem imenso para chegar o fim, outros aumenta o prazer com o avançar na obra, uns entram com medo, custa-lhes o início e depois de aquecidos entram em velocidade cruzeiro (foi o meu caso) e muitos desistem sem atingir a meta final e quem cruza esta fita por norma orgulha-se não só do feito, mas do prazer que soube tirar com a descoberta deste romance no seu todo.

Denise disse...

Beatriz!
Mas que ótima notícia! Terei uma companheira de aventura nesta jornada de Proust! Confesso que estou receosa... :| é como diz o Carlos "uns entram a medo...", vamos lá ver como acabará :)
Também já li Proust há uns anos e lembro-me que gostei muito... mas esta obra, não sei, há uma espécie de neblina em torno que só me adensa o respeito por ela.
E sabes... no «Os Seis a Ler(-te)» é bem provável que exista lá um "castigo" para mim ;)
Segue-me no instagram, ler.te, e lá vês a linda coleção. É a nova edição mais económica.
Beijinhos e boas leituras!

Carlos,
Não é surpresa para mim que já se tenha embrenhado nesta obra, atendendo ao seu excelente gosto literário :) Espero que tenha razão e que consiga chegar ao fim!
Beijinhos e boas leituras!

Beatriz disse...

Regra geral não me imponho objectivos em termos de leituras.
Mas custa-me ver os 7 volumes na estante há anos.
O meu pai já leu e sei que há (pelo menos) uma frase que vai além de uma página. Não sei se na edição portuguesa assim é, mas na original é. Há frases de beleza desconcertante, e para mim Literatura também é isso. Entremos calmamente.
Não tenho adiado a leitura por receio apenas, é mais pelos 7 volumes que, como já disse me impedirão de ler algo pelo meio. Proust escrevia num quarto revestido a cortiça, presumo que tenhamos de fazer o mesmo :)
Espero bem que exista um "castigo" para ti, no desafio, claro ;) Sem medos, vais gostar. Há uma profundidade psicológica duríssima, assombrosa. Livro de um escritor que me é muito, muito caro.
Apesar de não ser ludita não uso redes sociais. Mas obrigada. Se não for preciso conta aberta, lá passarei.
(A constipação ainda está claramente a afectar-me o cérebro. Pretendia dizer É e não são nesta frase do comentário anterior: Um outro que não passa deste ano são "As benevolentes".)
Beijinhos para todos, Mirtilo incluído!

Denise disse...

Também receio por aí, mas tenciono ir lendo e não me focar logo nos 7 de seguida. Espero que corra bem.
Quanto a «Crime e Castigo» estou muito curiosa, cada vez mais (e porque será?)e há um outro (depois direi qual) que também impõe respeito.
Este é o ano de vencer os medos literários! (risos)
(Adorei quando disseste "apesar de não ser ludita" ... mesmo assim passa por lá, se der sem conta, porque é uma continuação do blogue :)).

Obrigada pelas saudações. O Mirtilo vai adorar! ;)
Beijinhos e tudo de bom para ti Beatriz

Tim disse...

boas leituras e bom ano

Denise disse...

Obrigada Tim!
Tudo de bom e um excelente 2017 :)

Su disse...

Olá, Denise,
Parece-me uma óptima ideia para os leres de vez :D este ano, para já, não vou fazer desafios. Quero recuperar aquela vontade de escolher livros consoante o momento, mas também quero continuar a ler clássicos e Nobel's. Vamos ver como corre...

beijinhos e que venha um bom ano, acompanhado de boas leituras

Denise disse...

Olá Su! :)

Obrigada!
Os desafios têm essas vantagens, vamos lá ver se corre bem. Coloco como desafio mas não como obrigação: a beleza da leitura parte precisamente por aí, como tão bem dizes!
Beijinho muito grande e um ótimo ano para ti!

Henrique disse...

Primeira vez que por aqui passo, sem saber como.
Votos de bom ano.
Li vários comentários de uma comentadora e fiquei impressionado com a bagagem da Beatriz. Terá ela estudado no ensino superior? E se sim estudou letras?
Tantas referências literárias (e não só) e sentido de humor que me deixam de olhos a brilhar.
Nunca conheço estas pessoas na vida real e gostava tanto. Injustiça.

Denise disse...

Caro Henrique,

Obrigada pela visita.
Quanto às questões que coloca, agradeço que as dirija diretamente à pessoa em questão.

Votos de bom ano.